segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Talvez amanhã

Eu não sei o que você quer ou o que sente. Sei que não adianta mais o meu cheiro, meu toque, meu jeito e meu beijo. Sei que não fui o suficiente, e olha, não quero dizer apenas, "me entende?!".

Mas talvez amanhã tudo esteja diferente. E você, já pensou? Seríamos como gente. Daqueles que amam, que choram e que sentem. Parados ou em movimento, qualquer lugar é lugar. Qualquer pecado, toque ou desejo é só um pouco do que nos faz bem.

E olha como a vida é bonita. Ela não é perfeita, mas nos enche de graça. Tudo isso porque eu vivo pelo amanhã, eu busco aquilo que ainda não tenho.

E eu espero meu amor... que o meu amanhã seja tão belo como o seu, não importa quanto tempo dure o meu vício de te querer bem. Ah, ainda bem que existem os "amanhãs". Ainda bem.

----------------
Escutando: Stereophonics - Maybe Tomorrow
via FoxyTunes

2 comentários:

Naira disse...

Então, um Blog! Sabia que é muito bom ter um? Isso pq a gente assume um compromisso em postar e acaba funcionando até como terapia!

Abç
Naira

Did disse...

Amanhãs são muito bons mesmo. Graças a eles persistimos em acreditar que as coisas mudam e algo de melhor está reservado para nós.
Costumo resumir meu amanhã cheio de alegria com a frase "Depois da Tempestade sempre vem a Bonança".
Bjos
Did