domingo, 30 de dezembro de 2007

Poemas e dilemas

Nunca serei um Vinicius, ou mesmo maduro, um Drummond...
Penso em Quintana, Cazuza, Renato Russo...
Penso em minhas pedras e meus caminhos
E mesmo na beleza que não é só minha...
Cá com minhas dores e amores...
Vivo uma rosa de Hiroshima.

Nunca serei um Eduardo, ou da mesma forma apaixonado...
Penso em Mônica, Ipanema, amores bem devagarinhos...
Penso em meus castelos e meu reinado
E mesmo sabendo que nada escrevo
Cá com minhas dores e amores
Sentirei sua falta, do beijo, do amor e do cheiro.

Um comentário:

Dee'ssinha Mootta¬ disse...

Gosteei. vey .'

;D